Papisa

by PAPISA

supported by
/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
04:23
2.
03:51
3.
03:50

credits

released November 7, 2016

tags

license

all rights reserved

about

PWR Recife, Brazil

contact / help

Contact PWR

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: Instinto
do lado que resiste é inútil esconder
não tem coroa de espinho que te dê prazer
nem bem nem mal existem
só um caminho pra escolher
um mundo tão maniqueísta não vai perceber
tudo por um fio, solto e vazio

a tua memória assiste
tudo que acontece do lado de cá
desenho que era pó de giz
te chama pra dançar

refrão:
tempo, imagem espiral
sem início ou final
anuncia o que eu vejo
nada nessa vida é
muito real
então eu posso
ser natural
aliada do desejo

no teu legítimo dilema
sente o chão e chama teu lobo guará
ce já tá fora do esquema
não vai se culpar
parada em frente do abismo
a sorte não aponta a direção
a morte não é dualismo
é ponto de vazão
quando cruza o rio

refrão:
tempo, imagem espiral
sem início ou final
anuncia o que eu vejo
nada nessa vida é
muito real
então eu posso
ser natural
escutar meu desejo e dizer
em amo você
Track Name: Delusional
this is not me
this is not who I am
this is not you
this is not who you are

you are so more than that
I’m also more than what you see
you are so more than that
I’m pretty sure that you agree

I don’t know you
You don’t know me
we’re not even sure that we are here
if you do know you
and I do know me
we realize that we are free
only if we choose to be


show me what I can’t see
show me what I can’t see

show me what you can be
show me what you can be
Track Name: Intuição
Atenção
A distração é um disfarce clichê
e a resistência é inútil
se o lado de dentro
insiste em querer

Na sombra, a minha fala
encontra outro tom, rasteiro
e a cor da tua cara entrega
que minha intuição já viu
mas eu não

quando a sua mão tem malícia
eu olho pro chão,
e nessa latência
o último juízo, feito degradê
vai se perder

Na sombra, a minha fala
encontra outro tom, rasteiro
e a cor da tua cara entrega
o que minha intenção já viu
mas eu não